Taken (Busca Implacável)

Bryan (Liam Neeson) é pai de Kim, uma jovem menor de idade que decide visitar Paris com a sua melhor amiga. Kim consegue convencer os pais a assinar uma autorização para poder viajar, mas à chegada conhecem Peter, e cometem o erro de revelar que estão sozinhas em Paris. Peter pertence a uma rede de tráfico de mulheres. Kim acaba por ser raptada, agora Bryan terá de encontrar uma maneira de encontrar a sua filha e salvá-la das mãos de um bando de crime organizado Albanese.

Crítica: “Busca Implacável” é a prova viva que os bons thrillers de acção estão vivos e recomendam-se. Apesar do seu argumento simples e de uma premissa muito interessante (um pai que está a falar ao telefone enquanto a sua filha é raptada), trata-se de um filme com uma intensidade e um ritmo absolutamente avassaladores. É perfeito na descarga de adrenalina que consegue causar no espectador, muito devido a grande cenas de perseguições e lutas corpo a corpo.

O próprio tema mexe muito com o espectador até porque é algo actual e o facto de se passar em Paris, de certa forma aproxima o público ao drama vivido pelos personagens. No capítulo das interpretações temos Liam Neeson fantástico muito bem dirigido num filme com uma realização soberba de Pierre Morel. Pode existir a tentação de dizer, que é apenas mais um filme de acção, mas se assim for, que pelo menos todos os filmes dentro do género apresentem o virtuosismo que este evidencia.

Título Original: “Taken” (2008)
Realização: Pierre Morel
Argumento: Luc Besson
Actores: Liam Neeson, Famke Janssen, Maggie Grace
Género: Drama, Thriller
Avaliação: 8 out of 10 stars (8 / 10)

André Ramalho

Sou um apaixonado por filmes e cinema, e por isso resolvi criar este blog, com o intuito de partilhar as minhas opiniões e críticas sobre filmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.